Válvulas Pneumáticas

Como especificar ou selecionar uma válvula pneumática

Para especificar a válvula pneumática devemos saber sua função e também do fluxo que deve passar pela válvula. Além disso, devemos decidir como a válvula pneumática será atuada:

1- Função da válvula pneumática: A função mais comum para uma válvula pneumática solenoide é a função 5/2 (5 portas e 2 vias). Essa é a função de válvula pneumática solenoide mais comum para operar um cilindro pneumático. As 5 portas dessa válvula são: 1-entrada de ar, 2-saída para um lado do cilindro, 3-saída para outro lado do cilindro, 4/5-escapes de ar de cada lado do cilindro. Outras funções existentes podem ser a 3/2, 5/3 entre outras.

2- Actuação: Também é importante saber como é a actuação da válvula solenoide. Pode ser solenoide, nesse caso deve-se especificar a voltagem, normalmente 24VDC ou 220VAC. Pode ter também atuação manual, como alavanca ou botão.

3- Fluxo de ar requerido da válvula pneumática: A outra variável para seleção da válvula pneumática é o tamanho, as roscas da válvula. Quanto maior a válvula, maior o fluxo de ar que conseguirá passar por ela e consequentemente o ar desloca-se mais rápido para o cilindro, fazendo esse actuar mais rapidamente.

4- Montagem das válvulas: A válvula pneumática pode ser montada isoladamente ou em um conjunto de válvulas, chamado de bloco “manifold”. O bloco também pode ser montado dentro de um painel, com outros elementos de controle, normalmente elétricos. A vantagem do bloco é economizar espaço e diminuir o tempo de instalação, pois a entrada e escape de todas as válvulas são comuns.

Cilindros lineares e Giratórios, Motores, Garras e elementos de Vácuo

São as Válvulas direccionais que comandam directamente os actuadores, invertendo os seus sentidos de movimento


São as Válvulas direcionais de acionamento manual ou mecânico, fins de curso e sensores que pilotam as válvulas de comando principal.
Podem ser também os elementos processadores de sinal, como válvulas “E” ou “OU”, temporizadores, sequenciais e os controladores que influenciam o avanço e retorno dos actuadores.


São classificados em 2 tipos:
-Os componentes responsáveis pela preparação do ar para todos o circuitos pneumáticos tais como os filtros reguladores de pressão manomêtros lubrificadores e unidades de conservação.
-e os componentes que influenciam nas forças e velocidades de movimentos dos actuadores tais como valvulas reguladoras de fluxo de controladores de pressão e escapes rápido

Scroll to Top